— Celulite —

O nome técnico da "celulite" é Lipodistrofia Ginóide, que se refere à infecção bacteriana do subcutâneo. 

A celulite é uma alteração causada pelo acúmulo de gordura, água e toxinas nas células, fazendo com que essas células fiquem cheias e endurecidas, deixando o local com desníveis (ondulações e retrações) e nódulos, que se manifesta  através dos furinhos indesejados na e/ou em "casca de laranja". É causada por alterações no tecido gorduroso sob a pele, em conjunto com alterações na microcirculação e consequente aumento do tecido fibroso.

A pele com celulite incomoda mais de 60% das mulheres (e alguns homens também).

Os graus de celulite são avaliados por meio da "Cellulite Severity Scale". Esta nova classificação avalia a celulite de forma mais objetiva, e já é reconhecida internacionalmente.

Essa classificação avalia as principais características clínicas da celulite, sendo elas:

Grau 1: é quase imperceptível. Só é notada se a pele for beliscada ou contraída.

Grau 2: torna-se mais aparente. Surgem algumas pequenas ondulações.

Grau 3: além de visíveis, as irregularidades ficam dolorosas se forem apertadas.

Grau 4: são os casos mais avançados. A epiderme ganha cara de casca de laranja.


Como eliminar a celulite?

Drenagem Linfática

É indicada para todos os graus de celulite. 

A drenagem linfática é uma massagem voltada à melhoria da circulação local e eliminação de líquidos acumulados nos tecidos.

A drenagem também previne regiões atingidas pela celulite e ajuda a diminuir pequenos nódulos de gordura aprisionados no tecido. 

O método diminui a sensação de inchaço, e pode melhorar os sintomas.

Massagem Modeladora

A massagem modeladora atua tanto sobre o sistema linfático quanto sobre as placas de gordura.

A massagem modeladora combinada com aparelhos com congelamento de gordura (Criolipolise),  Ultrassom ou, Radiofrequência faz com que os seus efeitos sejam potencializados. 

Radiofrequência

Este é um dos tratamentos mais eficazes contra a celulite. 

A Radiofrequência estimula a produção de colágeno, o que diminui as traves fibrosas que retraem o tecido e deixam a pele cheia de furinhos. 

O aparelho utiliza uma radiação eletromagnética de alta frequência que faz com que as moléculas de água se agitem, aumentando a temperatura. O procedimento não é invasivo e não traz qualquer prejuízo à pele. Além disso, é um dos mais duradouros, por reestruturar o tecido da maneira mais intensa. É indicado para todos os graus de celulite, principalmente nos casos em que há flacidez associada.

Ultrassom

Tratamento bastante utilizado no combate à celulite e à gordura localizada

Este tratamento faz modificações nas ligações intercelulares e aumenta a permeabilidade da membrana celular.

O Ultrassom utiliza uma potência elevada e é acompanhado de um gel que auxilia a movimentação do aparelho e facilita a penetração da onda sónica.

Criolipólise

A criolipólise usa baixas temperaturas para acabar com a gordura localizada. 

O aparelho é colocado na superfície da pele, fazendo as células de gordura serem congeladas a temperaturas negativas para serem destruídas.

Em contato com a baixa temperatura, as células de gordura - chamadas de adipócitos - rompem-se totalmente. Em consequência, o corpo entende que elas não fazem mais parte do organismo e expele-as naturalmente.

Lipocavitação

A lipocavitação é um tratamento que utiliza o ultrassom para reduzir a gordura localizada em qualquer área do corpo que tenha acumulação de gordura.

O ultrassom é emitido por uma máquina e repassado à área de tratamento. A energia ultrassônica emitida penetra até à gordura subcutânea, gerando pequenas bolhas dentro das células de gordura. Essas bolhas aumentam progressivamente em número e causam agitação no interior da célula, o que leva ao seu rompimento.

Ondas de Choque

As Ondas de Choque utilizam a força das ondas de pressão que destroem as fibras da celulite de graus I a III, e facilita a drenagem linfática local e estimula os músculos. 

Esta técnica tem o diferencial de atuar até as camadas mais profundas.